sexta-feira, janeiro 07, 2011

Promoção: A Estante Mágica de Cara Nova!!


Pessoas Queridas,

Sim! Eu prometi novidades... E aqui vai a primeira delas!

Depois de vários anos, a Estante Mágica finalmente ganhou uma nova cara. Ainda não está completamente arrumada - falta o blogroll, uma coisinha ou outra no template - mas vocês hão de convir que foi uma boa mudança. Além do visual, agora há páginas com informações sobre mim e meu trabalho, e os posts antigos ganharam marcadores que vão facilitar o passeio pelo blog.

Tem posts pra todos os gostos, desde histórias superfofas da minha filhota quando menorzinha até artigos sobre Mitologia e Literatura Fantástica. Na série Vida de Escritora conto das lutas, fracassos e vitórias dos últimos seis anos, período em que foram publicados todos os meus livros e em que escrevi os três primeiros da série que se inicia com O Castelo das Águias. Deste, é claro, também teremos novidades em breve, por isso fiquem de olho!

Para comemorar, convido todo mundo a participar da promoção A Estante Mágica de Cara Nova. É a primeira que faço por aqui, espero que gostem!

Para participar, é necessário:

1. Residir no Brasil;
2. Seguir este blog publicamente;
3. Deixar um comentário neste post dizendo o que achou de qualquer um dos meus contos, publicados em papel ou online. Para estes há links no post anterior, bem como - mais uma novidade! - um bem aqui, remetendo à revista 1000 Universos, cuja bela capa ilustra este post.

As pessoas que comentarem (mas comentarem mesmo; não basta dizer que gostou!) concorrerão a um exemplar autografado de meu livro Os Contos de Fadas ou de uma destas duas coletâneas: Paradigmas 4 e Dimensões-BR. E, além disso, vou sortear 10 marcadores do meu livro O Caçador. Ou seja, 11 chances de ganhar pelo menos um brinde!

O sorteio será no dia 25 de janeiro, portanto dá tempo de sobra de ler um conto. Ou quem sabe mais de um? ;)

Espero vocês!

Abraços a todos e um ótimo início de ano!

Ana Lúcia

10 comentários:

georgette silen disse...

Oi Ana, tudo bem?
Nem preciso dizer que sou sua fã, rsrs
Achei Ars Nova, seu conto no 1000 Universos um dos melhores que vc ja fez. A pesquisa histórica detalhada refletiu em harmonia com a historia, e vale muito a pena ler.
Bjs

Pingalu2 disse...

Eu só li um conto que ainda não foi publicado e gostei muito.O nome é A Bruxa Meregilda. Conta sobre uma assombração que aparece na casa da Ana quando sua filha não quer ir dormir.

ValdêniaLima disse...

Oi =D
nunca tinha lido d seu ^^
li o conto fogo brando e assumo q me surpreendeu totalmente. No começo era soh mais um conto sobre cozinheiros, mas qnd cheguei aos 2 ultimos parágrafos meus olhos se arregalaram e toda a parte da estória jah lida voltou, mas com imagens do novo contexto apresentado. Foi um conto muito bom mesmo, adorei *-*

Parreira disse...

Ah!, craro, tinha que ser! Gosto muito de música antiga, dos Saltarellos, e principalmente dessa coisa da música ser uma verdadeira 'porta' entre as dimensões. Não era de se esperar menos de alguém que, como você, viveu na terra dos grandes mestres. ARS NOVA nos pega primeiro pelo pescoço e depois pelo coração. Quantas mágicas mais vc tem guardadas aí na sua Estante, hein, Ana?

E sobre Fogo Brando só mesmo uma palavrinha: delicioso!

Vânia Vidal disse...

Quando a prosa abraça a poesia e o que há no âmago de nós é desvelado, quando os arquétipos se desfazem e se colocam à nossa frente - sem pudor, sem amarras, sem futuro, sabemos estar diante de um fim que não se esgota em si mesmo, e sim nos impulsiona a continuar através da noção vivida daquilo que se perde. A perplexidade, o deparar-se com, não apenas explicitam de forma crua e tão suave a inquietude, o buscar do ser humano - tão belamente como no conto Fins De Mundo de Ana Lucia Merege - como ao próprio ser. Tornado também parte daquilo que o assombra. Um beijo Ana!
P.S, Eu devia era comentar o Ars Nova, por motivos óbvios.

Allana disse...

Sobre o Ars Nova, adorei ver a música como uma ligação com o sobrenatural, sensação tão familiar para mim. Afinal, quem nunca se deixou levar por uma balada, chegando ao ponto de se perder no tempo? Me fez pensar que eu gostaria de ter talento para a música. E fiquei muito a fim de ler A Bruxa Meregilda! =D

Srta. Bibliófila disse...

Gostei bastante do conto Fogo Brando! Foi uma leitura fácil, prazerosa e divertida. Eu estava torcendo muito por Greta, que bom que ela se tornou chef! Ela merecia e fiquei feliz quando ela começou a arriscar preparar a comida como queria. Você tem muita criatividade e escreve bem. Gostei do ambiente da história.
Beijos e sucesso

estelazardo disse...

Olá, Ana!
Eu gostei de vários dos seus contos, e até já comentei sobre eles nos respectivos posts. Mas segue aqui um "resumo":

NA TRAVESSIA
O senso comum é o maior inimigo da imaginação. Sempre fugi dele como o diabo, da cruz. Ás vezes acho que estou perdendo as forças, cansando de correr e que ele finalmente vai me alcançar. Quando isso acontece, normalmente vem uma brisa reconfortante que recarrega minhas energias e eu volto a me distanciar dele. Gostei muito!

AS HORAS E OS LIVROS
Adorei essa brincadeira de inculir os títulos dos livros na narrativa. Eu gostava muito de fazer isso quando criança/adolescente (com livros, músicas, filmes...). Leitura deliciosa e extremamente lúdica.

TEORIA DA RELATIVIDADE DAS MASSAS
Lindo! Isso me fez querer elaborar uma lista como a sua...será que consigo determinar com tamanha clareza os pesos que carrego com esforço e os que carrego com prazer? Food for thought...com certeza levarei semanas pensando nisso...

O LOBO ESPERTO
Nós, meninas, só temos medo do Lobo Mau enquanto somos crianças, depois [quando conseguimos fugir das vistas do papai e da mamãe e passamos a desconfiar das histórias que eles nos contavam] passamos a desejá-lo. É como o bolo (bolo, lobo...) que Chapeuzinho leva na cesta: sabemos que demais não é saudável, que faz mal e engorda. Mas quem resiste a uma gostosa fatiazinha?

Outra hora, quando estiver com mais tempinho livre, volto para ler mais. Gostei muito do seu blog.

Ana Clara disse...

Olá tia Ana! =)

Como havia dito, estou aqui para comentar seu conto: A Encruzilhada que particularmente foi o que mais gostei, apesar de sua escrita sempre me agradar, independente do conteúdo. Enfim, este conto mexeu particulamente comigo, pois tem uma tensão constante entre o Kieran(Castelo Das Águias)e seu pai, além de haver uma identificação minha com a personagem; uma relação de ódio e sofrimento em família, mas ao mesmo tempo de esperança e luta para um jovem amargurado e humilhado que enfim se torna uma grande mago e dono de uma personalidade fascinante!

Gande beijo da sua admiradora! ;)

Thais disse...

"Na Travessia": achei o conto simples, e ainda assim interessante. Nos faz pensar sobre o modo como a sociedade julga as pessoas, e como essas pessoas julgam a si mesmas.

"A História do Lobo Esperto": Gostei muito dessa "versão" da história... seria realmente a ideal para contar às crianças que tem medo do lobo mau, e me parece um bom jeito de mostrar que, apesar de tudo, todos podem ter um lado bom.